Projetos Culturais

Inscrições 2022 aqui você pode divulgar seu projeto cultural para milhares de pessoas ou participar dos projetos de arte e cultura com inscrições abertas pelo Brasil e Internacionalmente. Revista Editais Culturais. Prêmios, concursos, Leis de incentivo a cultura, patrocínios e divulgação. Inscrições em projetos culturais de literatura, artes, cinema, teatro, fotografia, música e artes integradas. Projetos Culturais abertos 2022

Nota: As inscrições não estão em ordem de datas, editais com datas durante todo ano 2022 


PROJETOS CULTURAIS

CELESC DISTRIBUIÇÃO SA - PROJETOS CULTURAIS E DESPORTIVOS

Sobre as inscrições

Para participar, pessoas físicas e jurídicas podem cadastrar gratuitamente seus projetos no site da Celesc, encaminhar os formulários necessários para a avaliação da empresa e ficar atentos ao cumprimento dos critérios para participar da seleção. O regulamento completo, formulário de cadastro e as orientações de preenchimento estão disponíveis no

Os pedidos de esclarecimentos devem ser encaminhados para a Assessoria de Responsabilidade Social da Celesc, até o dia 23 de setembro de 2022, pelo e-mail: investimentosocial@celesc.com.br

Serviço:

O quê: Chamada Pública para patrocínio de projetos com incentivo fiscal de Cultura e Esporte nas modalidades Artes Cênicas, Música e Audiovisual e Desporto Educacional e Desporto de Rendimento.

Quando: até ** 30 de setembro de 2022 às 18h

Onde: Pelo site https://celesc.com.br

Mais informações: investimentosocial@celesc.com.br

INSCRIÇÕES: ATÉ 30.09.2022

INSCRIÇÕES AQUI



As inscrições para o edital Chamada Instituto Cultural Vale 2022 estão abertas!
Atenção produtores culturais de todo o Brasil! Seu projeto pode ser patrocinado pelo Instituto Cultural Vale via Lei Federal de Incentivo à Cultura. Prepare o seu projeto, leia o regulamento atentamente e participe. Inscrições abertas de 20 de maio a 30 de junho.
O que é a Chamada Instituto Cultural Vale?
A Chamada Instituto Cultural é um edital de seleção que fortalece nosso compromisso com fomento à cultura, com a valorização das diversas expressões artísticas e com a democratização do acesso à produção cultural brasileira.
Em sua terceira edição, a Chamada beneficiou em 2020 e 2021, 132 projetos, em 24 estados brasileiro e no Distrito Federal.
Agora, é sua vez de participar!
Iniciativas das áreas de Museus e Centros Culturais, Patrimônio Material e Imaterial, Música, Dança, Festividades e Circulação vindos de todo o Brasil, que valorizem a diversidade das manifestações culturais brasileiras.
É necessário também que os projetos tenham aprovação para captação de recursos, no artigo 18 da Lei nº 8.313/91 e número de Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac) ativo ou tenham proposta completa submetida à Secretaria Especial da Cultura até o dia 30 de junho de 2022.
INSCRIÇÕES: 20.05.2022 ATÉ 30.06.2022
INSCRIÇÕES AQUI


Projetos Culturais
12 Prêmio Professor Rubens Murillo Marques


o Prêmio Professor Rubens Murillo Marques é uma iniciativa da FCC que valoriza e divulga experiências educativas, propostas e realizadas por docentes dos cursos de Licenciatura na formação de professores para a educação.
Além do mérito e do reconhecimento conferido a essas experiências, os premiados são agraciados com um prêmio em dinheiro e um troféu, que é réplica de uma escultura da artista plástica Vera Lucia Richter, abrigada no jardim interno da Fundação. O detalhamento de cada trabalho premiado é publicado em Textos FCC.
A cada edição, a seleção dos vencedores do Prêmio Professor Rubens Murillo Marques é realizada por uma Comissão Julgadora, composta por especialistas na área da formação docente do projeto inscrito. É considerada a metodologia de ensino retratada na utilização de estratégias que tenham sido criadas, agregadas ou adaptadas pelo autor do trabalho visando ao aprendizado da docência.
A iniciativa também é uma homenagem ao Prof. Dr. Rubens Murillo Marques, um dos presidentes fundadores da Fundação Carlos Chagas. É o reconhecimento de sua trajetória acadêmica e do empenho no comando desta instituição.

INSCRIÇÕES ATÉ 30.05.2022

SITE DO PRÊMIO E INSCRIÇÕES


PROJETOS CULTURAIS

Fundação Renova

Por meio do Edital Doce, a Fundação Renova vai fomentar e apoiar projetos nas áreas de cultura, turismo, esporte e lazer, nas regiões atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, no Espírito Santo e em Minas Gerais. Os projetos aprovados pelo Edital Doce deverão ter o orçamento entre R$ 25 mil e R$ 200 mil e ser executados em até 12 meses para a Modalidade 1 e, para as Modalidades 2 e 3, em até 24 meses.

Para a segunda edição, estão previstos três eixos, sendo Edital de Projetos Sociais de Turismo, Cultura e Esporte (Modalidade 1); Edital de Reparação do Lazer (Modalidade 2); e Edital de Reparação das Referências Culturais (Modalidade 3).

A iniciativa faz parte do PG13 - Programa de Apoio do Turismo, Cultura, Esporte e Lazer e do PG12 - Memória Histórica, Cultural e Artísticas, dois dos 42 Programas da Fundação Renova.

Por meio do Edital Doce, a Fundação Renova vai fomentar e apoiar projetos nas áreas de cultura, turismo, esporte e lazer, nas regiões atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, no Espírito Santo e em Minas Gerais. Os projetos aprovados pelo Edital Doce deverão ter o orçamento entre R$ 25 mil e R$ 200 mil e ser executados em até 12 meses para a Modalidade 1 e, para as Modalidades 2 e 3, em até 24 meses.

Para a segunda edição, estão previstos três eixos, sendo Edital de Projetos Sociais de Turismo, Cultura e Esporte (Modalidade 1); Edital de Reparação do Lazer (Modalidade 2); e Edital de Reparação das Referências Culturais (Modalidade 3).

A iniciativa faz parte do PG13 - Programa de Apoio do Turismo, Cultura, Esporte e Lazer e do PG12 - Memória Histórica, Cultural e Artísticas, dois dos 42 Programas da Fundação Renova.

PÚBLICO-ALVO

Podem participar pessoas físicas, microempreendedores, coletivos e grupos informais, organizações sem fins lucrativos e empresas atuantes nas áreas do turismo, cultura e esportes e lazer de municípios de Minas Gerais e do Espírito Santo.

INSCRIÇÕES ATÈ 29.04.2022

EDITAL AQUI



PROJETOS CULTURAIS

O Sistema Estadual de Espaços Culturais - SEEC/

ESPIRITO SANTO
O Sistema Estadual de Espaços Culturais do Espírito Santo tem por objetivos:
I - promover a articulação e a troca de experiências entre os espaços culturais existentes no Estado, respeitando sua autonomia jurídico-administrativa, cultural e técnica;
II - estimular o debate sobre o papel e a função dos espaços culturais junto às comunidades em que atuam, possibilitando a consequente avaliação do desenvolvi mento de suas atividades;
III - proporcionar o desenvolvimento de ações de capacitação, incremento, melhoria e atualização de recursos humanos a serem desenvolvidos nos Espaços Culturais membros do Sistema Estadual de Espaços Culturais, visando ao aprimoramento do desempenho da gestão do equipamento, bem como a melhoria dos serviços prestados à sociedade;
IV - propor mecanismos para captação de recursos, financiamento e fomento destinados aos equipamentos do Sistema e às atividades inerentes aos mesmos;
V - promover a articulação e o intercâmbio dos espaços culturais com entidades nacionais ou internacionais, capazes de contribuir para a viabilização dos projetos das instituições filiadas ao Sistema Estadual de Espaços Culturais;
VI - estabelecer e divulgar normas e procedimentos técnicos que sirvam de orientação aos responsáveis pelos espaços;
VII - identificar e qualificar unidades de espaços culturais para atuarem como espaços de referência regional;
VIII - organizar e gerir o Cadastro Estadual de Espaços Culturais, visando à produção de dados e informações sobre a realidade dos equipamentos de produção e difusão cultural, sua estrutura física e funcionamento;
IX - estimular propostas de realização de atividades culturais e educativas dos espaços junto às comunidades;
X - fomentar a difusão dos programas e projetos desen volvidos pelos espaços do Sistema;
XI - promover a realização de apresentações culturais e formativas, financiadas pela Secretaria de Estado da Cultura - SECULT e outros entes, público e privado.
teatros;
escolas de música, de capoeira e de artes e estúdios, companhias e escolas de dança;
centros culturais, casas de cultura e centros de culturas populares;
museus comunitários, centros de memória e patrimônio;
espaços culturais em comunidades indígenas;
espaços culturais em comunidades quilombolas;
centros artísticos e culturais afro-brasileiros;
espaços de povos e comunidades tradicionais;
galerias e ateliês de arte, artesanato, design ou fotografia;
espaços permanentes de arte e de artesanato;
espaços de apresentação musical;
espaços de leitura, poesia e literatura;
espaços e centros de cultura alimentar de base comunitária, agroecológica e de culturas originárias, tradicionais e populares.
Os espaços interessados deverão atender aos seguintes requisitos:
estar situado no território do Estado do Espírito Santo;

Edital
Inscrições até 01.12.2022

INSCRIÇÕES AQUI


BANCO DO NORDESTE

O Banco do Nordeste torna público o lançamento do Edital Fundeci 02/2021 - Subvenção Econômica - Programa de Educação Empreendedora, no valor de R$ 6 milhões, e convida Aceleradoras a participar desta chamada pública para realização de Programa de Educação Empreendedora do ecossistema de inovação da Região Nordeste.

O presente edital tem o objetivo fomentar o empreendedorismo inovador e o desenvolvimento sustentável de Startups por meio da concessão de subvenção econômica a Aceleradoras para execução de Programa de Educação Empreendedora, permitindo a capacitação de Startups, a ampliação das oportunidades de negócios e contribuindo para geração de inovação e dinamização da economia regional.

O cadastramento e envio de projetos devem ser realizados no Sistema ConvêniosWeb, de 24/12/2021 até 03/03/2022, devendo as Aceleradoras e seus representantes estarem previamente habilitados nesse sistema até o dia 24/02/2022.

INSCRIÇÕES ATÉ 24.02.2022

INSCRIÇÕES AQUI


CURSO DE MEDITAÇÃO EAD - COMPLETO

Aproveite para meditar sobre suas idéias e preocupações, em nosso Curso de Meditação - Lótus Branca EAD - pela plataforma EAD GURU - Por R$ 160,00 curso completo para ser Instrutor e mestre de si mesmo. Inscrições aqui

MEDITE E SEJA INSTRUTOR(A) NESTE CURSO DE QUALIDADE TENHA 30% DE DESCONTO PELO 

CUPOM AQUI


CURSO DE FORMAÇÃO EM YOGA EAD - INSTRUTOR - COMPLETO

Curso de Formação em Yoga EAD - Instrutor 300h - Completo - Escola de YOGA tradicional. Neste curso irá compreender todo Universo da Yoga, o curso é em uma plataforma profissional AVA e tem total acesso ao professor, venha aprender ou aprimorar seus asanas (posturas de yoga) aprender mais sobre a filosofia e outros tópicos como meditação, yoganidrá, mantras, participe do Grupo de Alunos e professores, curso com valor acessível e de baixo custo e altíssima qualidade. Om

VENHA PARTICIPAR TAMBÉM



Editais 2021 e 2022

Edital FAC das Artes de Espetáculo

EDITAL | INSCRIÇÕES

Com recursos do Fundo Estadual de Apoio à Cultura (FAC), o edital prevê um total de R$ 8 milhões para serem aplicados em projetos culturais que desenvolvam a produção artística, estimulando a criação autoral e promovendo experiências que aproximem os artistas e o público e impulsionem a indústria criativa.

Para fins deste edital, entende-se que as artes de espetáculo têm relação com os segmentos do circo, dança, teatro e música, nas suas diversas linguagens, inclusive a partir das suas relações transversais, respeitando e estimulando a liberdade de expressão. Os projetos devem contemplar ações relacionadas a uma ou mais das seguintes diretrizes: pesquisa e publicação, formação, produção artística, difusão e circulação.

Podem propor projetos microempreendedores individuais, empresas e entidades do setor cultural (pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos, de direito privado).

As inscrições podem ser feitas entre 30 de novembro de 2021 e 14 de janeiro de 2022. 

INSCRIÇÕES ATÉ 14.01.2022

INSCRIÇÃO E EDITAL NO INICIO DO TEXTO


Povos Tradicionais Presentes RJ

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro (Sececrj) abre a chamada pública Povos Tradicionais Presentes RJ, voltado para propostas de manifestações culturais de povos tradicionais em todo estado do Rio.

O edital vai contemplar propostas para credenciamento e premiação financeira deverão ser apresentadas atendendo as premissas de fomentar a manutenção da cultura de Povos e Comunidades Tradicionais, assim como de mobilizar e aplicar recursos para a valorização e a preservação da memória, da ancestralidade e do patrimônio cultural fluminense, de acordo com o Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura, constantes na Lei nº 7.035/2015.

Na chamada Povos Tradicionais Presentes RJ serão premiadas ações culturais realizadas por pessoas físicas e jurídicas dívidas em categorias. A previsão desta Chamada é premiar financeiramente 35 (trinta e cinco) projetos de pessoas Jurídicas no valor de R$ 80 mil e 88 (oitenta e oito) propostas de Pessoas Físicas no valor de R$ 25 mil, totalizando 123 (cento e vinte e três) premiações concedidas com investimento total de R$ 5 milhões.

São considerados povos tradicionais para este edital: povos indígenas; comunidades quilombolas; povos e comunidades de terreiro/povos e comunidades de matriz africana; povos ciganos; pescadores artesanais; extrativistas; extrativistas costeiros e marinhos; caiçaras; faxinalenses; benzedeiros; ilhéus; raizeiros; geraizeiros; caatingueiros; vazanteiros; veredeiros; apanhadores de flores sempre vivas; pantaneiros; morroquianos; povo pomerano; catadores de mangaba; quebradeiras de coco babaçu; retireiros do Araguaia; comunidades de fundos e fechos de pasto; ribeirinhos; cipozeiros; andirobeiros e caboclos.

Para mais informações sobre o edital Povos e Tradicionais Presentes RJ você pode ver o edital completo aqui.

DOCUMENTAÇÃO

Publicação Edital Povos Tradicionais Presentes RJ - DOERJ 10.11.21

Minuta Povos e Comunidades Tradicionais - Versão 9 - 09.11.21 - FINAL

acessar a errata do edital Povos Tradicionais Presentes RJ.

Anexo 2 - Edital Povos Tradicionais Presentes RJ 

Inscreva-se

INSCRIÇÕES ATÉ  04.01.2022



Sobre

O edital fixo Klabin Transforma busca apoiar iniciativas que estejam alinhadas à Política de Doações e Patrocínios da Klabin, que possui quatro linhas de atuação: desenvolvimento local, educação, cidadania por meio da cultura e esporte e educação ambiental.

Antes de enviar seu projeto para análise, leia com atenção os itens obrigatórios e critérios específicos.

Inscrições aceitas somente pelo empreendedor

  • Pessoa Física

  • Pessoa jurídica com fins lucrativos

  • Pessoa jurídica sem fins lucrativos

  • Conselho de Direitos

  • Grupo informal ou coletivo

  • Organização pública

Fonte de Financiamento

  • FIA - Fundo para Infância e Adolescência

  • Fundo do Idoso

  • Lei Estadual de Cultura

  • Lei Federal do Esporte

  • Lei Rouanet

  • PRONAS/PCD

  • PRONON

  • Recursos próprios

Locais de atuação dos projetos

Cidade(s):

  • Angatuba - SP

  • Betim - MG

  • Correia Pinto - SC

  • Curiúva - PR

  • Feira de Santana - BA

  • Franco da Rocha - SP

  • Goiana - PE

  • Horizonte - CE

  • Imbaú - PR

  • Itajaí - SC

  • Jundiaí - SP

  • Lages - SC

  • Manaus - AM

  • Ortigueira - PR

  • Otacílio Costa - SC

  • Paranaguá - PR

  • Paulínia - SP

  • Piracicaba - SP

  • Rio de Janeiro - RJ

  • Rio Negro - PR

  • Rio Verde - GO

  • São Jerônimo da Serra - PR

  • São Leopoldo - RS

  • São Paulo - SP

  • Suzano - SP

  • Telêmaco Borba - PR

  • Tibagi - PR

INSCRIÇÕES: CONTÍNUAS

ENVIAR PROPOSTA AQUI



Instituto Lojas Renner S.A 

Sobre

A partir do dia 1 de julho o Instituto Lojas Renner S.A. recebe, de forma contínua e ao longo de todo o ano, projetos aprovados na Lei de Incentivo ao Esporte e nos Fundos do Idoso e para a Infância e Adolescência, que fomentem o empoderamento feminino e que contribuam, de forma direta e/ou indireta, para a construção de um ambiente fértil para o seu protagonismo.
Buscamos projetos que promovam atividades, ações de capacitação e formação profissional, qualificação em tecnologia e/ou desenvolvimento de habilidades e competências que fortaleçam as mulheres e promovam a equidade de gênero. Projetos que contribuam, de forma direta ou indireta, para a construção de um ambiente fértil para o protagonismo feminino por meio de ações como o desenvolvimento de lideranças, o combate ao machismo, atividades no contraturno escolar para crianças, a promoção da saúde e bem-estar, o combate à discriminação e violência de gênero, etc.
Serão avaliados de forma diferenciada projetos que proporcionem transformação de vidas através da moda ou de algum campo de atuação da rede Lojas Renner S.A., como e-commerce, microcrédito, investimentos, decoração, moda, moda casa, desenvolvimento de fornecedores, sustentabilidade em matérias-primas, produção e varejo no setor têxtil.
Antes de enviar seu projeto para análise, leia com atenção o Edital e o documento Perguntas Frequentes. Em caso de dúvidas entre em contato conosco através do email instituto@lojasrenner.com.br com o assunto Dúvida 

Diminuir

Inscrições aceitas somente pelo empreendedor

  • Pessoa jurídica sem fins lucrativos

  • Conselho de Direitos

Fonte de Financiamento

  • FIA - Fundo para Infância e Adolescência

  • Fundo do Idoso

  • Lei Federal do Esporte

Locais de atuação dos projetos

País(es):

  • Brasil

INSCRIÇÕES: CONTÍNUAS

ENVIAR PROJETOS AQUI



Sobre

O edital da Fundação John Deere busca apoiar projetos sociais com investimento privado e incentivado que estejam alinhadas à Política de Doações e Patrocínios da John Deere, que possui três pilares de atuação: combate à fome, desenvolvimento comunitário e educação.

Para projetos aprovados via Incentivo Fiscal atuamos com as legislações no âmbito Federal, Estadual e Municipal.

Antes de enviar seu projeto para análise, leia com atenção os itens obrigatórios e critérios específicos.

Boa leitura.

Inscrições aceitas somente pelo empreendedor

  • Pessoa jurídica sem fins lucrativos

  • Conselho de Direitos

  • Organização pública

Fonte de Financiamento

  • FIA - Fundo para Infância e Adolescência

  • Fundo do Idoso

  • Lei Estadual de Cultura

  • Lei Federal do Esporte

  • Lei Rouanet

  • PRONAS/PCD

  • PRONON

  • Recursos próprios

Locais de atuação dos projetos

Estado(s):

  • Goiás
  • Rio Grande do Sul
  • São Paulo

INSCRIÇÕES: CONTÍNUAS

ENVIAR SEU PROJETO AQUI



PRÊMIO RODRIGO MELO FRANCO

O Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, de caráter nacional, é promovido pelo Iphan desde 1987 em reconhecimento às ações de preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro que, em razão da sua originalidade, criatividade, relevância e caráter exemplar, mereçam registro, divulgação e reconhecimento público. O objeto do presente concurso consiste na seleção de 12 (doze) ações de excelência no campo do Patrimônio Cultural brasileiro, divididas em 06 (seis) segmentos e 2 (duas) categorias: As categorias são: Categoria 1: Iniciativas de excelência na integração entre as dimensões material e imaterial do patrimônio cultural - cujos resultados possam ser analisados relativamente ao ano de 2019 e 2020. Categoria 2: Iniciativas de excelência na preservação e salvaguarda do patrimônio cultural adaptadas ao contexto da pandemia, por meio de recursos tecnológicos de comunicação e difusão da informação - cujos resultados possam ser analisados relativamente ao ano de 2020. Cada categoria possui 06 (seis) segmentos: Segmento I: Poder Público: administração pública direta e indireta municipal, estadual e federal; Segmento II: Cooperativas e associações formalizadas; Segmento III: Redes e coletivos não formalizados; Segmento IV: Pessoas Físicas; Segmento V: Micro Empreendedor Individual (MEI) e Microempresa (ME); Segmento VI: Demais Fundações ou Empresas Privadas, exceto Micro Empreendedor Individual (MEI) e Microempresa (ME).

PREMIAÇÃO: R$ 20.000 para cada ação vencedora nas categorias 1 e 2.

INSCRIÇÕES: ATÉ 15 DE AGOSTO DE 2021

TAXA DE INSCRIÇÃO: NÃO

EDITAL ABAIXO:


UM POUCO MAIS SOBRE PROJETOS

Basicamente, para fazer o projeto para Lei de Incentivo a Cultura - Lei Rouanet, ele deve conter:

  1. introdução;
  2. justificativa;
  3. objetivo geral;
  4. objetivo específico;
  5. metodologia;
  6. público alvo;
  7. resultados e bibliografia.

Um projeto é dividido em fases, com características próprias, que juntas constituem o ciclo de vida do projeto. A estrutura básica desse ciclo compreende quatro fases: conceituação, planejamento, execução e conclusão